Iniciativa da Coca ajuda empreendedores com crédito, cursos e prêmios

Exame | 18/01/2021

Em parceria com Atacadão, Sebrae e Aliança Empreendedora, a empresa de bebidas lança projeto para ajudar 110.000 microempreendedores de SP, Rio e Bahia

A Coca-Cola está lançando uma iniciativa para ajudar os microempreendedores brasileiros que trabalham no setor de alimentação, como ambulantes, donos de carrinhos de cachorro-quente, tapioqueiras e vendinhas comunitárias. O programa, chamado Crescendo Juntos Microempreendedor, reúne uma série de ações que educam, premiam e digitalizam pequenos negócios.

“Enquanto muitas empresas fecharam as portas, houve um crescimento expressivo no número de MEIs, o que mostra que muitas pessoas tomaram uma decisão importante de trabalhar por conta própria. Queremos ajudar esse público que integra ou está em torno de nossa cadeia. Eles não estão nessa jornada sozinhos”, diz Pedro Massa, vice-presidente de operações da Coca-Cola Brasil. Na sua cadeia, a empresa hoje interage com cerca de 1 milhão de pequenos estabelecimentos.

Na primeira fase do programa, que deve atingir 110.000 microempreendedores dos estados de São Paulo, Rio de Janeiro e Bahia, a Coca fechou parceria com a rede Atacadão e com organizações de apoio aos pequenos negócios, como Sebrae, Aliança Empreendedora, Avante Microcrédito, Associação Nacional das Baianas do Acarajé (ABAM) e a Associação de Comida e Bebida de Rua do Estado de São Paulo (ACOR-SP). Até o final do ano, a iniciativa deve estar funcionando em todos os estados.

Pelo aplicativo do programa, qualquer microempreendedor pode consumir conteúdos de gestão, ver histórias inspiradoras de empreendedorismo e acessar um calendário de atividades exclusivas pensadas para eles pelo Sebrae e pela Aliança Empreendedora.

Quem precisar de crédito, terá um canal direto com a fintech Avante Microcrédito, especializada em emprestar capital para micro e pequenos empreendedores. Os participantes que precisarem se digitalizar para vender online, poderão criar uma loja online gratuita pela plataforma WabiShop.

O aplicativo também é lar de um sistema de pontos, que os empreendedores que comprarem em lojas do Atacadão poderão acumular e trocar por produtos e equipamentos que os ajudem nos negócios, como mesas, cadeiras, embalagens térmicas, guarda-sóis e computadores.

Os valores investidos no projeto não foram divulgados, mas a Coca-Cola no Brasil destinou cerca de 45 milhões de reais para o combate à pandemia em diferentes frentes. Especificamente para ajudar pequenos negócios, ela participou do Movimento Nós, com parceiros como Ambev, Aurora Alimentos, BRF, Grupo Heineken, Mondelez International, Nestlé e PepsiCo, para investir 370 milhões de reais em 300.000 pequenos negócios. A empresa também fechou uma parceria com a Caixa para facilitar o acesso a crédito rápido para mais de 200.000 pequenos varejistas em todo o país.

Fonte: https://exame.com/pme/iniciativa-da-coca-ajuda-empreendedores-com-credito-cursos-e-premios/

Logo da Coca-Cola Brasil